segunda-feira, 28 de outubro de 2013


a lâmina cortante
deste seu pungente olhar

(e o mar.. e o mar ! e o mar?
tsunami que varreu o meu andar
e também a praia e a serra
será que o terremoto é a terra que berra?
berra também meu coração por tanto lhe amar)

o gume agudo e ávido
destes seus fartos seios

(e os meios? e os meios! e os meios
mútuas extremidades
pelos quais meus veios
se arrepiam e se partem ao meio)

a ferida ampla e escarlate
da voluptuosa boca

(tão oca.. tão oca! tão oca
de hipotéticos beijos, de apopléticos desejos
tão quentes e duradouros que lhe queimariam a alma
boca de falar amargo mas de lábios doces
boca oca desta língua dura, sádica, sarcástica
que se pudesse, lhe perturbaria a calma)

eis enfim, a fenda escura e úmida
deste seu desejo

(fenda por onde adentro
em você, que aflita, grita! e grita!
fenda pela qual desapareço
caindo por uma vertente infinita)

todos elementos que lhe constituem
cortam, penetram, sangram e fluem
e me fazem me perder
ebulir e então ferver
como num vulcão
numa imensa escuridão
um breu, azeviche e fumaça de caminhão
é estrupício e  puro cesão,
é pura emoção,
que é pura pureza
e também pura impureza


e dormem ardentes
nos meus sonhos mais profundos
retratos diapositivos
dos meus antros mais imundos
aparecem e somem
e cintilam por segundos
ardem na chama intensa
dos desejos mais secretos
são a ponte balouçante e pensa
dos segredos mais discretos




13 comentários:

LUZ disse...

VOCÊ ESCREVE DIVINA E EROTICAMENTE BEM, MEU AMIGO!

Tudo começou no olhar, depois a boca e os beijos que eu acho que não foram hipotéticos e depois se perdeu, se entrelaçou na fenda e lá se "escafedeu", como vocês falam aí.

E chama a isso segredos DISCRETOS? Bem, caso não tenha realizado, e tenha ficado só em sonho, então é isso aí, DISCRETO.

"Tá", depois aviso você, quando eu regressar.

Beijos.

LUZ disse...

Tal como Chico Buarque, você também conseguiu.

Benno, meta na sua "cabecinha" que você escreve de uma forma, quase rara. Me encanta, acredita!

Tem as suas "tempestades emocionais", os seus afastamentos de vez em quando, mas quando regressa vem cheio de inspiração. Então, bote ela pra fora e se alivie.

Boa noite de sonhos, não hipotéticos.

Beijos.

ॐ Shirley ॐ disse...

Simplesmente maravilhoso! Querido amigo, um beijo!

© Piedade Araújo Sol disse...

espectacular....

:)

Vera Lúcia disse...

Olá Benno,

Bem interessante este seu versar.
Gosto de ler você, que tem uma escrita completamente diferente da que estou habituada a ler.
Às vezes, e posso estar enganada, sinto alguma agressividade em suas composições.

Adorei estar aqui.

Beijo.

Vera Lúcia disse...

Oi Benno,

Talvez eu tenha sido infeliz ao utilizar o termo agressividade. Não quis dizer agressivo num tom de violência, mas de impetuosidade, arrebatamento. Você escreve bem demais para um engenheiro, pois sua profissão é mais cabeça que emoção e você as coloca com muita sensibilidade. Não sou lá 'expert' na interpretação de poesias, pois acho difícil imaginar o sentimento do poeta no momento de suas criações.

Beijo.

Paula Barros disse...

Li duas vezes, com vontade de ler mais. Forte. E me chama a atenção a construção do seu poema.
abraço

Smareis disse...



Oi Benno!
Estive em off durante alguns meses... Desculpa por minha ausência aqui.
Como sempre muita inspiração no seu texto.
Gosto do que você escreve. Tem alma de poeta, assim são os poetas exalam mistérios quando escrevem.
Você é bom nisso!!!
Meus aplausos!
Beijos!

Rovênia disse...

Gostei das repetições, da fluência que traduzem sentimento e tentativa. Mas falo como leiga. Estou longe de saber escrever! Só produzo rascunhos.
Um grande abraço! :)

Claudinha ੴ disse...

Hoje seu poema parece uma construção. Medida, planejada e expressando toda sua emoção em concreto. Tudo pulsa e ganha vida no tsunami que varre seu mar de ideias... Muito bem!
Bjs

Ana Carla disse...

Ah! Esses textos apaixonados que me fazem suspirar... hehehe... (Não sumi, só estou corrida.) Beijo!

ᄊム尺goん disse...

tudo ardente...cadente .

b eij0

Luma Rosa disse...

Hei, Benno!
Que é isso meu rapaz? Qualquer coisa que comentar será desnecessária!! :) Amei!!
Beijus,

Postar um comentário