segunda-feira, 30 de março de 2015

letal é a lata
antiga e de bordas
afiadas e enferrujadas
afiados os cacos de vidro
que bordejam o topo de muros
de proibidas propriedades

é assim...
o caminho do teu coração
está cercado de perigosas passagens
armadilhas deixadas ao acaso
pelos vilões
que por vezes  o assaltavam

me machuco várias vezes
mas tento sempre de novo
pois hei de vencer esta íngreme escalada

a vista lá do topo deste inalcançável cume
há de me valer


1 comentários:

Vanuza Pantaleão disse...

Perigosas passagens, armadilhas, vilões que cercam um simples coração. Quanta complexidade nessa curta vida que vivemos.
Lindo demais! Bjssss

Postar um comentário