sexta-feira, 19 de setembro de 2014

teu desencontrado olhar
dardeja-me incoerências
em estrábicas reticências
ensaboando noturno Luar
borrado em nuvens errantes
de uma noite sem nexo

atrai-me permanentemente
o que de ti é insensato
por eu ser assim incoerente
confunde-me ardente o olfato
ao inalar o aroma do teu sexo
sem saber o que é dúvida ou fato

cativa-me
essa tua estúpida negligência

negligê solto sedutor
cobrindo uma tola aparência

a verdade se esconde
sob teus olhos pérfidos
e desvia o olhar
dardos dos teus seios ávidos

perdidos na inefável aderência
dos teus olhos aos meus
na mais profunda  incontinência

alguma coisa nossos contornos usinam
num tanto de encanto e de magia
bem mais que os mestres ensinam
e que o livro sagrado nem desconfia
há entre nós a nos separar
bem menos que a imensidão do mar
mas bem mais que a largura de um lago
a grandeza incomensa de um afago
mais que um réles fio de discórdia
os astros do universo em concórdia
o elemento essencial nos vitima
que mais e mais nos aproxima

4 comentários:

ᄊム尺goん disse...

[ gosto de metáforas que envolvam o mar e a lua. não por misticismo, mas por serem coisas tão reais e tão superiores à nossa existência, que nos tornam, de certa forma, pequenos. você é um poeta de lua cheia (rs). pena que não vem aqui com frequência ]

beijo

Vanuza Pantaleão disse...

Poesia, poema, arte em geral, não deveriam ser comentados, sempre pensei assim, Benno. A razão que encontro para me justificar: Arte é coisa sagrada, mesmo que profana pareça. Estou pensando se devo começar a colocar em prática tal preceito...
Não sei por onde começo, tua poesia é complexa, deliciosamente complexa.
Vou ter que passar mais uma vez para ir tateando às cegas essa escultura etérea. Voltarei! Bjsss

Vanuza Pantaleão disse...

"Cativa-me essa sua estúpida negligência..."
Esses aparentes defeitos nos pegam e nos surpreendem naqueles que imaginamos amar.
Gosto de absorver seus versos com muita calma, Benno, pois sou incapaz de desvendar as complexidades do ser.
Um bom domingo e uma semana com tudo o que você sonhar.
Com amizade!

Smareis disse...

Profundo e cheio de mistérios. Adoroo!
Andei ausente alguns meses dando uma pausa, coisas que são necessárias e agora cá estou novamente.


Beijos!

Postar um comentário